JE do Sínodo Centro-Campanha Sul realiza ARJ 2018

18/01/2018

ARJ 2018 19 - Músicas
ARJ 2018 03 - Temática
ARJ 2018 20 - Temática
ARJ 2018 04 - Meditação
ARJ 2018 22 - Temática
ARJ 2018 05 - Luau
ARJ 2018 23 - Temática
ARJ 2018 06 - Estudo Bíblico
ARJ 2018 24 - Temática
ARJ 2018 09 - Temática
ARJ 2018 25 - Aquabol
ARJ 2018 10 - Temática
ARJ 2018 26 - Aquabol
ARJ 2018 11 - Temática
ARJ 2018 27 - Aquabol
ARJ 2018 12 - Músicas
ARJ 2018 30 - Culto
ARJ 2018 31 - Culto
ARJ 2018 13 - Gincana
ARJ 2018 15 - Meditação
ARJ 2018 32 - Encerramento
ARJ 2018 34 - Coordenação Sinodal
ARJ 2018 19 - Músicas
ARJ 2018 20 - Temática
ARJ 2018 22 - Temática
ARJ 2018 23 - Temática
ARJ 2018 24 - Temática
ARJ 2018 25 - Aquabol
ARJ 2018 26 - Aquabol
ARJ 2018 27 - Aquabol
ARJ 2018 30 - Culto
ARJ 2018 31 - Culto
ARJ 2018 32 - Encerramento
ARJ 2018 34 - Coordenação Sinodal
ARJ 2018 01 - Foto Oficial
ARJ 2018 02 - Temática
ARJ 2018 07 - Temática
ARJ 2018 08 - Temática
ARJ 2018 14 - Gincana
ARJ 2018 17 - Estudo Bíblico
ARJ 2018 21 - Temática
ARJ 2018 28 - Culto
ARJ 2018 33 - Encerramento
ARJ 2018 35 - Camiseta e Cruz
ARJ 2018 36
1 | 1
Ampliar

“Tolerância e Diversidade: por uma fé que ilumine o entendimento, abra o coração e una as mãos” foi a temática que reuniu a Juventude Evangélica do Sínodo Centro-Campanha Sul no Acampamento Repartir Junt@s (ARJ) 2018. Entre os dias 18 e 21 de janeiro, em Venâncio Aires, cerca de 70 jovens e ministr@s presentes vivenciaram dias de intensa reflexão, meditação, comunhão e alegria.
Somado ao tema, o lema bíblico“Eu sou o Senhor, teu Deus (Êxodo 20.2), por isso não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus” (Gálatas 3.28) permeou as discussões e as atividades durante o acampamento.
O encontro contou com estudos do tema e do lema, meditações, estudos bíblicos, luau, passeio, gincanas, atividades esportivas, oficinas, noite cultural e diversos momentos de integração. Desse modo, em diferentes espaços, @s jovens puderamconviver com a diversidade e promover o respeito e a tolerância a partir de suas ações.
Conduzidos pela Pa. Pamela Milbratz, pelo Diác. Jaime Ruthmann e pela estagiária Ketlin Schuchardt, daParóquia Apóstolo João/Sínodo Norte Catarinense, os estudos sobre a temática ressaltaram o pensamento de que a diferença existente entre cada pessoa é o que as torna singularmente importantes. É em meio à diversidade que Cristo nos ensina a amar onosso próximo e a nossa próxima e a respeitar cada pessoa por ser quem ela é, aceitando, acolhendo e incluindo a todos e todas, a partir da nossa fé.
Nesse sentido, jovens e ministr@s, comprometid@s com a temática, no Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa (21 de janeiro de 2018), também vestiram branco pela liberdade de fé e pelo fim do extermínio da juventude negra, em uma campanha organizada nas redes sociais pela Rede Ecumênica da Juventude (Reju).
Motivad@s, ainda, a se colocarem no lugar do outro e da outra, a juventude engajou-se na doação de alimentos não perecíveis e de materiais de higiene para uma instituição do município local: o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo Raio de Luz, que atende crianças e adolescentes de Venâncio Aires e suas famílias, a partir de aulas, oficinas e um conjunto de atividades artísticas, culturais e de lazer que visam à convivência, à formação de vínculos familiares e comunitários e ao empoderamento.
Todas as manifestações durante e pós encontro mostram que o ARJ foi um sucesso e deixou saudades em cada participante. Afinal, os desafios, alegrias, novas amizades, reencontros, aprendizagem e, especialmente, a esperança em um mundo mais justo, inclusivo e tolerante motivaram cada jovem a protagonizar ações em busca de vida digna para todas as pessoas.
  

COMUNICAÇÃO
+
A Palavra bem pode existir sem a Igreja, mas a Igreja não existe sem a Palavra.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br