ASSOCIAÇÃO NACIONAL DA OASE visita a Faculdades EST

10/07/2018

IMG_1
IMG_4
IMG_5
IMG_9
IMG_35
IMG_32
IMG_31
IMG_28
img_11g
IMG_22
undefined
IMG_18
1 | 1
Ampliar

Com grande alegria e gratidão, a Faculdades EST recebeu a visita das integrantes da Associação Nacional da OASE, que vieram conhecer, no dia 27 de junho de 2018, o Monumento às Mulheres da Reforma, que tem como símbolo, a reformadora Katharina von Bora. A Associação Nacional da OASE, associações da OASE de diferentes sínodos, paróquias, comunidades, juntamente com outras instituições, foram parceiras da Campanha Katharina na Faculdades EST, coordenada pelo Programa de Gênero e Religião. Na inauguração, realizada dia 27 de outubro de 2017, a OASE Nacional, representantes de sínodos e grupos estiveram presentes, celebrando junto. Agora, por ocasião da realização do Seminário e XIV Assembleia Geral da Associação Nacional da OASE, realizado em São Leopoldo/RS, demais integrantes também tiveram oportunidade de visitar o monumento e serem acolhidas na Faculdades EST.

Na chegada, o grupo conheceu o Monumento e, juntas, tiramos fotos com Katharina e com outras mulheres do Movimento da Reforma do Século XVI, representadas pelas estudantes de Teologia Vanessa Hoelscher, Mirian Bartz, Taiana Luisa Wisch, Simoni da Silva Emerick e pela Pastora Débora Bayer dos Santos. Nesse momento inicial, no Jardim da Katharina, o grupo pode sentir o aroma das plantas medicinais que lembra o trabalho diaconal realizado por Katharina von Bora e pela OASE nas comunidades da IECLB. Katharina, com o livro na mão, lembra o livro sagrado, que foi por ela estudado e trás à memória o desejo e a luta das mulheres pelo direito à educação. Desejo esse que muitas vezes não pode ser realizado, entre outros motivos, pela cultura machista que diz que “mulher não precisa estudar”. O livro também lembra que Katharina teve acesso, no convento, aos escritos da Reforma. A leitura desse material transformou sua história e de outras mulheres. Lembra que Katharina contribui na publicação dos livros escritos por Martim Lutero. O livro na mão de Katharina é um testemunho de que as mulheres produzem conhecimentos nas comunidades, nas escolas, no trabalho, na academia. Nossos escritos e testemunhos de hoje transformam o presente e o futuro, o hoje e o amanhã.

Após as fotos junto ao monumento, o grupo foi acolhido no auditório do prédio H, situado ao lado do monumento. Com a pianista Priscila Ruppenthal Saldanha, cantamos o hino “Elas estão chegando”. Palavra de saudação da professora e coordenadora do Programa de Gênero e Religião (PGR), Pa. Dra. Marcia Blasi; palavra de saudação do reitor, Prof. Dr. Wilhelm Wachholz; palavra de meditação da Pa. Dra. Marli Brun; palavra de saudação da Pastora 1ª Vice-Presidenta da IECLB e Pastora da Comunidade de Picada 48 Baixa, Lindolfo Collor/RS, juntamente com apresentação do projeto sobre luto, intitulado “Flor de Ipê”, desenvolvido na comunidade de Lindolfo Collor em parceria com PGR – Faculdades EST. A estudante Gabriely Inara Nunes Gomes também deu seu depoimento sobre sua participação no Projeto Flor de Ipê. Em seguida, com alegria e emoção, assistimos ao vídeo produzido por Marcela de Maria Sehn Fonseca, contendo fotos dos diferentes passos de produção do monumento, criado pela artista Nina Eick. Para 2019, o Programa de Gênero e Religião da Faculdades EST em parceria com a OASE, produzirá um Livro Bordado com histórias de mulheres do Movimento da Reforma, o qual será lançado no evento celebrativo aos 120 anos da OASE que ocorrerá nos dias 05 - 07 de Abril de 2019, em Vila Germânica — Blumenau — SC.
Gratidão à Diretoria Nacional OASE, presidida por Wilhelmina Kieckbusch, pela visita. Gratidão às representantes das associações das OASEs Sinodais. Às ministras orientadoras teológicas, Pastora Louvani Hirt Kuhn e Diácona Telma Merinha Kramer, nosso muito obrigada pela parceria. (Texto Pa. Dra. Marli Brun)
Fotos: Equipe do Programa de Gênero e Religião e setor de Comunicação e Marketing da Faculdades EST.
 

COMUNICAÇÃO
+
ECUMENE
+
Deus, ao atender uma oração, atende-a de modo maravilhoso e rico, assim que o coração humano é por demais apertado para poder compreendê-lo.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br